Ronaldo Caiado provoca prejuízo superior a R$ 70 mil aos cofres públicos.

Share Button

Ronaldo Caiado, ex-deputado federal e atual senador da República, utilizou dinheiro público para locar veículos da empresa de seu amigo e ainda pagou mais caro que no mercado.

Na contramão de tudo o que diz ser e fazer, Ronaldo Caiado parece não ter se preocupado com o uso do dinheiro público disponível para seu gabinete ao locar veículos da empresa de seu amigo. Há orçamentos que chegam a R$ 2.200,0 de diferença.

A prática de alugar veículos com o dinheiro público da CEAP é corriqueira, principalmente na Câmara Federal. Há parlamentares que chegaram a locar até cinco carros simultaneamente. Mas, no caso do Senador Caiado, o que chama a atenção é o alto valor pago pela locação de uma Amarok High CD 4x4 TDI, ano 2013.

Ronaldo Caiado gastou uma pequena fortuna com locação de veículos entre 2009 e 2015. Porém, ele parece ter se esquecido de que nenhum gestor público pode contratar um fornecedor sem uma completa e responsável pesquisa de mercado, uma vez que misteriosamente, despesas como estas estão dispensadas de licitação dentro do Congresso Nacional, tanto que o Procurador da República Anselmo Henrique Cordeiro Lopes entrou com uma Ação Civil Pública contra a Câmara Federal e o Senado Federal, para que esta aberração financeira seja revista (Leia).

Desde julho de 2009, os valores mensais das locações começaram em R$ 6.500,00, depois R$ 6.900,00, R$ 7.200,00 e nos últimos dois anos, R$ 7.500,00.

Para que um administrador público (lembrando que deputados e senadores também são administradores públicos) não corra o risco de ser denunciado por IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA às autoridades competentes, ele deve tomar todo o cuidado para usar de maneira eficiente o dinheiro de todos nós.

Mas, o ruralista Dr. Caiado, que foi eleito senador graças também ao dinheiro doado por empreiteiras que estão envolvidas na operação Lava Jato, como a OAS e a Odebrecht, não parece ter tido todo este cuidado.

Dados disponíveis no site do TSE
CNPJ RAZÃO SOCIAL Nº RECIBO ELEITORAL VALOR  ESPÉCIE DO RECURSO
 02.826.436/0001-60  CONSTRUTORA OAS S/A   002510500000GO000023   499.400,00  Cheque 
 01.633.510/0001-69  CONSTRUTORA NORBERTO ODEBRECHT S/A   002510500000GO000043   400.000,00  Transferência eletrônica 

Tomando como base o mês de janeiro de 2015, último mês de pagamento de locação de veículos quando o nobre senador ainda era deputado federal, podemos verificar abaixo que o veículo utilizado pelo parlamentar estava avaliado, à época, em R$ 115.086,00 de acordo com a tabela FIPE, tabela esta utilizada pela própria Câmara Federal para verificar se os valores das locações estão dentro do teto estabelecido.

Este teto foi estipulado pela Câmara Federal depois que denúncias de mau uso do dinheiro público com locação de veículos foram feitas pela OPS, em 2013, e que reverberaram na mídia brasileira.

cotação0
Fonte: http://www2.fipe.org.br/pt-br/indices/veiculos/

Entretanto, outros deputados federais também locam e locaram pick-ups na mesma época, pagas também com o dinheiro público da CEAP, mas por um valor bem menor.

Há inúmeros exemplos, mas cito aqui apenas o do deputado Lúcio Vale (PR/PA), que aluga uma Hilux SR-V, avaliada em R$ 118.954,00 por R$ 5.990,00 mensais e do deputado Assis Carvalho (PT/PI), cuja locação com quilometragem livre de uma GM S-10, ano 2015, avaliada em R$ 109.129,00, sai por R$ 6.000,00.

Em 2013, após publicar este vídeo-tutorial, Ronaldo Caiado me acionou na justiça por considerar que eu lhe ofendi a honra e ainda lançou um desafio à mim e à todos os demais cidadãos brasileiros:

“Desafio o autor desse vídeo, ou a qualquer outro cidadão, a conseguir encontrar no mercado qualquer locadora que forneça uma caminhonete nos padrões da Amarok, com quilometragem ilimitada, nesse valor acertado”.

Além dos exemplos acima, há ainda mais alguns orçamentos que demonstram a falta de cuidado do parlamentar ao contratar a empresa Govesa que pertence a seu amigo de trinta anos, Inácio Goldfeld.

Em janeiro de 2014, Ronaldo Caiado, como dito acima, pagava com o nosso dinheiro R$ 7.500,00 pela locação da Amarok. Naquele mês, eu solicitei um orçamento a uma locadora que possuía veículo do mesmo modelo e ano. O resultado foi impressionante. Foram R$ 2.220,00 de diferença.

cotação3
Clique na imagem para ampliar

Para evitar uma possível tentativa de desqualificar esta importantíssima prova de que houve desleixo com o uso do dinheiro público, pelo fato da empresa LocSan ser do Rio de Janeiro e não de Goiânia, cidade onde permaneceu o veículo locado por Ronaldo Caiado, no dia 09/06/15 foi cotada  a locação mensal de uma Chevrolet S-10.

Trata-se de um veículo similar (segundo dizem por aí, bem melhor que a Amarok), mas que, de qualquer forma, supre a necessidade visceral do Dr. Caiado em andar numa caminhonete de luxo. O veículo é uma S10 Pick-Up LT 2.8 TDI 4x4 CD Diesel ano 2014 na locadora Referência Rent a Car de Goiânia.

O valor para locar este veículo, hoje, sem pechinchar, é R$ 6.544,89. Isso quer dizer que o nobre parlamentar pagou, a quase três anos atrás, valores superiores ao praticado no mercado. São quase R$ 1.000,00 de diferença por mês!

cotação2

Mas, como seguramente encontraremos quem questionará a diferença de marca e modelo dos veículos (indevidamente, claro!), uma nova cotação foi feita. Eis aqui o orçamento coincidentemente de uma Amarok, de cor preta e modelo CD, de uma locadora que possui lojas em Brasília, Anápolis e Goiânia. Mas, as coincidências param por aí. No lugar dos R$ 7.500,00 mensais pagos desde 2012 por todos nós brasileiros via Ronaldo Caiado, a karper Rent a Car a oferece por R$ 6.190,00, porém dois anos mais nova e recém-chegada da montadora.

6mil

Na certeza de que os puxa-sacos certamente dirão que a foto no orçamento não é de uma Amarok e sim de uma Hilux e ainda argumentarão que a franquia é de 6000km por mês e não ilimitada como contratada pela Govesa, informo que a imagem inserida no orçamento elaborado pela Karper é de responsabilidade exclusiva desta empresa e mesmo que fosse sugerido locar por este valor, o carro apresentado na foto, tanto melhor, pois a Hilux é, pelo menos, R$ 10 mil mais cara (e infinitamente melhor que a Amarok - Desculpem-me os VWzeiros).

Quanto aos 6000Km de franquia, resta-nos fazer alguns cálculos simples.

O veículo locado pelo então deputado federal permaneceu em Goiânia para suas viagens pelo interior goiano. Como é de praxe, os parlamentares trabalham efetivamente três dias por semana em Brasília, o que dá doze dias por mês. Restam, portanto, dezoito dias para utilizar a pick-up alugada. Além disso, inúmeras viagens de avião, até mesmo fretados, foram realizadas pelo parlamentar no mesmo período em que o contrato de locação estava vigente, como demonstram as notas fiscais abaixo:

Empresa Sete Táxi Aéreo - Valor da Locação R$ 19.033,33;

Empresa Sete Táxi Aéreo - Valor da Locação R$ 14.073,33;

E ainda, viagens para São Paulo e Salvador.

Portanto, a franquia de 6 mil quilômetros mensais me parece mais que suficiente, pois seria necessário rodar mais de 300 km por dia, incluindo finais de semana, feriados e dias santos. Não se deve esquecer ainda de que os orçamentos aqui apresentados não retratam o valor final. Eu os solicitei por e-mail e não houve nenhum "choro" para que os valores fossem diminuídos.

A Assessoria do senador foi procurada para esclarecer o fato e relatou que foram feitos quatro orçamentos antes da escolha da locadora Govesa e que esta sempre apresentou orçamentos mais baratos. Disse ainda que o diferencial do contrato está na quilometragem livre e nos valores de indenizações em caso de acidente.

A Karper oferece os mesmos valores de indenizações oferecidas pela Govesa, conforme pode ser verificado em sua  PROPOSTA.

UM NEGÓCIO DA CHINA

Não bastasse a falta de trato com o dinheiro público, o senador Ronaldo Caiado parece ter contribuído para que seu milionário amigo entrasse em um dos mais rentáveis negócios já vistos neste país, e nós num dos piores.

crlv
Clique na imagem para ampliar

Observe ao lado, o documento do carro locado pelo então deputado Caiado a partir de 2013. Na parte inferior do documento é possível ver que a Amarok foi adquirida através de financiamento no HSBC. Sem querer entrar no mérito sobre o motivo que levou uma empresa como a Govesa, concessionária VW e Toyota e com várias lojas no centro-oeste brasileiro, a ter que financiar um veículo, vamos simular a compra desta pick-up.

Observe que estão sendo considerados para esta simulação o mesmo banco HSBC e o mesmo veículo, porém, zero quilômetro.

hsbce

O valor desta Amarok hoje é R$ 145.134,00, conforme Tabela Fipe;

O banco HSBC exige 20% de entrada, portanto R$29.100,00;

No financiando em 48 vezes, a parcela fica por R$ 3.711,63.

Como o valor pago pelo contribuinte brasileiro para a locação deste veículo é de R$ 7.500,00 mensais, conclui-se que a empresa investe R$ 29.100,00 e ao final de quatro anos (duração também de um mandato na Câmara Federal), ela obterá de lucro, uma Amarok com 4 anos de uso (algo em torno de R$ 80 mil, a preços de hoje) e ainda R$ 181.841,76 referentes à diferença entre o valor da locação e o valor da prestação do financiamento.

Ou seja, com um investimento inicial de R$ 29.100,00, o lucro em quatro anos será de R$ 261.841,76, ou 900%, ou ainda 18,75% de lucro ao mês.

Não existe no mundo financeiro de pessoas normais, um investimento tão rentável quanto este. O mais popular dos investimentos, a poupança, rende em média 0,65% a.m. (0,5% + TR).

Ah! E você sabe quem está pagando a conta, né?

PREJUÍZO AO ERÁRIO PÚBLICO

Nos quase seis anos de locação, o contribuinte brasileiro pagou para que o então deputado federal Ronaldo Caiado desfilasse por Goiás em uma caminhonete de luxo, o valor de R$ 417.210,00. Se a contratação da locadora tivesse respeitado os princípios básicos da administração pública e considerando o percentual correspondente entre o orçamento na Karper e pagamentos das locações efetivados, o mesmo contribuinte teria deixado de pagar R$ 72.803,14.

Este caso será enviado ao Ministério Público e esperamos que este distinto órgão aja com firmeza na condução das diligências, não se deixando intimidar frente aos berros e palavras de repúdio que certamente sairão da boca do Dr. Ronaldo Caiado.

Escrito por Lúcio Big

patreon-lucio-bigAdquira os adesivos da OPS, clique aqui

AVISO AOS 'J'ÊNIOS DE PLANTÃO
As opiniões expressas pelos autores e leitores são de inteira responsabilidade dos mesmos e não refletem, necessariamente, a opinião do Canal do Otário.

Sobre Lúcio Big

Lúcio Big, jornalista (MTE nº 0010764/DF), ativista no combate à corrupção e músico nas horas vagas.

6 comentários

  1. E isso assim, você está considerando que ele, de fato, usa esse carro. Por que o mais provável é que ele jamais utilizou esse carro e na realidade o que ele faz é pagar um salário pro amigo dele.

  2. Assim como Onyx Lorenzoni, que votou e defendeu o aumento de seu próprio salário tornando o parlamento brasileiro o mais caro do mundo, Ronaldo Caiado é outro péssimo exemplo de opositor oportunista. Aquele que diz uma coisa e faz outra. Querem derrubar esse governo ruim e corrupto não por possuírem valores éticos e morais e sim para próprio proveito. O cidadão precisa de alguém para o representar, e não é esse perfil de opositor que queremos.

  3. Caramba, deveria ser proibido esse tipo de gasto público.
    O fdp ainda quer responder achando que está com razão.

  4. puts…

Assinantes do site tem descontos especiais na loja! Bronze (5%), Prata (10%), Ouro (20%) e VIP (30%)! Saiba mais, clique aqui - Dispensar